TRAJETO TRAJETO

TRAJETO

Olhei no espelho / Já era tempo / As marcas me amedrontavam / A beleza era minha aliada / A memória é que denegria / Marcaram-se os pontos / Paralisaram-se as linhas / Rugas não foram feitas para serem vistas / Envelhecer é uma fábula / A juventude deveria permanecer 28 anos, 2 botox / O espelho me reconhecia mas notava a diferença / O outro não podia perceber o desconforto que aquela ação escondia / Como assumir a insatisfação com a imperfeição do corpo? / Assumi a beleza da repetição de mim mesma / Reforço os traços Marco a memória / Exibo a trajetória em traço

I looked in the mirror / It was time / The marks scared me / Beauty was my ally It was memory that denigrated / The mirror recognizes me but notices a difference / The other could not notice the discomfort which that action hid / How to accept the dissatisfaction with the body’s imperfection? / I Accepted the beauty in the repetition of myself / Reinforce the traces/ I mark the memory / Exhibit the traces trajectory

Voltar