No dia internacional da mulher, o femina anuncia suas novas datas para 2013

ENGLISH BELOW

O nível de empoderamento das mulheres e o desempenho pleno de seus direitos fazem parte, juntamente com outros aspectos, de uma série de medidores do desenvolvimento de regiões ou países, de forma que a igualdade de direitos entre homens e mulheres é reconhecidamente fundamental para o desenvolvimento de toda a sociedade. Expandindo-se os significados de feminino e masculino para além das diferenças sexuais e a noção de gênero para além das desigualdades binárias, podemos entender que uma sociedade onde estejam assegurados direitos legais e civis a todos os cidadãos e, mais importante, a prática desses direitos, é sem dúvida uma sociedade melhor para todos os indivíduos e não apenas para grupos sociais definidos, como muitas vezes a intolerância e a violência nos quer fazer acreditar.

Os meios de comunicação têm papel fundamental nesse processo. As imagens produzidas, reafirmadas e divulgadas de homens e mulheres contribuem para determinar os papeis que homens e mulheres terão a desempenhar na família, no trabalho, na política, etc. E, ao contrário, a quebra de rótulos e a divulgação de imagens positivas e diversificadas dos diferentes grupos sociais e gêneros contribui para a igualdade no desempenho pleno dos direitos e das práticas seja na educação, na família, no mundo do trabalho, na política, no acesso aos meios de produção, etc.

Os eventos culturais e cinematográficos, além de promover os filmes e produtos culturais que abordam e defendem práticas mais igualitárias e justas, também estimulam a produção de, cada vez mais, produtos com estas temáticas, o surgimento de novos produtores e diretores e/ou a continuidade em suas carreiras, e o debate em torno de tais questões, levando temáticas como igualdade de direitos civis, direitos humanos,
sexualidades, combate à intolerância e violência, representação dos corpos pelo audiovisual, etc. ao público e mídia.

Falar e reconhecer desigualdades já é praticar a promoção da igualdade, e fomentar a diversidade.

A décima edição do Femina – Festival Internacional de Cinema Feminino acontecerá de 16 a 28 de julho de 2013, na CAIXA Cultural do Rio de Janeiro. Inscrições prorrogadas até 19 de abril, aguardamos seus trabalhos!


AT THE INTERNATIONAL WOMEN’S DAY, FEMINA ANNOUNCES ITS NEW DATES FOR 2013

The level of women empowerment and the full performance of their rights are part of, along with other aspects, of a series of development measurers of regions or countries, in a way in which the equality of rights between men and women is recognized as essential to the development of society as a whole. Expanding the meanings of feminine and masculine beyond sexual differences and the notion of gender beyond binary inequality, we can understand that a society where legal and civil rights are assured and, most importantly, these rights are practiced, is without doubt a better society for all individuals and not only for defined social groups, as many times intolerance and violence want us to believe in.

Media has a fundamental role in this process. The images produced, reaffirmed and shown of men and women contribute to determine the roles which men and women will perform in family, at work, in politics, etc. And, by contrary, the break in labels and the spreading of positive and diverse images of different social groups and gender contribute to the equality in the full performance of rights and of practices such as in education, family, work market, politics, access to production means, etc.

The cultural and film events, besides promoting films and cultural products which approach and defend more equal and fair practices, also stimulate the production, more and more, of products with these themes, the sprouting of new producers and directors and/or the continuity of their careers, and the debate around these questions, taking themes such as civil rights equality, human rights, sexualities, fight against intolerance and violence, representation of bodies through audiovisual, etc. to the audience and media.

To talk about and to recognize inequalities is already to practice the promotion of equality, and foment diversity.

The tenth edition of Femina International Women’s Film Festival will take place during July 16-28, at the CAIXA Cultural in Rio de Janeiro, Brazil. Final deadline for submissions extended to April 19, we’re looking forward in receiving your works!

Inscrições abertas para Festival Feminino no Chile até dia 21 de dezembro

Premiação do Femina 2012

Abertura do Femina 2012

Vinheta do Femina 2012